Drenagem linfática para gestantes
Drenagem linfática para gestantes

Para muitas gestantes e não gestantes a drenagem linfática é apenas  estética, mas infelizmente nem todos sabem dos benefícios e da importância na drenagem principalmente na gravidez.

Porém existem contraindicações que devem ser respeitadas, na qual para algumas grávidas ao invés da drenagem ser benéfica poderá desencadear sérios problemas para a saúde, por isso é importante estar atento e tomar os devidos cuidados.

A partir desse assunto, conheça agora os benefícios da drenagem linfática para gestantes,  o que é e quando surgiu, porque ela é tão importante para a saúde da gestante e onde fazer a drenagem.

Lembrando que existem excelentes opções de cursos online para começar a ter resultados na prática e até mesmo ganhar um dinheiro extra.

 

O que é drenagem linfática e quando surgiu?

É um método com várias técnicas de massagens manuais que visa estimular o sistema linfático. Mas afinal o que é sistema linfático? É um grupo de vasos, órgãos e tecidos que são responsáveis por criar as células de defesa do organismo, e amadurecê-las.

No momento em que esses vasos não são capazes de realizar a sua função com êxito ou sofrer lesões, esse líquido é incapaz de ser drenado, resultando então em inchaços, e que atinge cerca de 98% das gestantes sofrem com isso.

O criador da drenagem linfática Emil Vodder juntamente com a sua esposa Estrid Vodder, fizeram uma pesquisa e diagnósticos aprofundados sobre o assunto e não pensou apenas em gestante, mas em todas as pessoas que sofriam com o inchaço.

Somente em 1966 que fundou-se então a Associação de Drenagem Linfática Manual do Dr. Estrid Vodder, onde a partir dessa data vários países como os Estados Unidos, passaram a aderir a essas técnicas.

 

Quais os benefícios da drenagem para gestantes

Existem uma série de benefícios para a saúde das gestantes que recebem essa massagem, onde a principal delas é a ativação adequada da corrente sanguínea e a redução nos líquidos retidos pela má circulação, a seguir conheças outros principais benefícios.

Melhora  sistema imune: o inchaço é o acúmulo de toxinas  e com a drenagem linfática, o corpo torna-se capaz de eliminar essas toxinas, resultando então no fortalecimento do sistema imunológico.

Diminui o estresse: Quando o corpo está inchado e com má circulação, automaticamente desenvolve um tipo de estresse corporal, causando, insônia, inquietação, cansaço, e com a drenagem esse estresse físico é aliviado instantaneamente.

Reduz as celulites: O que causa a celulite são a má circulação sanguínea, acúmulo de gorduras e toxinas, causando então a inflamação no tecido celular, e com a drenagem linfática a circulação sanguínea é ativada, o líquido acumulado é reduzido, e a celulite também.

Promove bem estar: A drenagem linfática além dos tratamentos de saúde, é um ótimo provedor do bem estar, pois promove o relaxamento, pelo fato da circulação sanguínea ser ativada, o corpo tende a relaxar e a trabalhar com eficiência e sem dificuldades.

Quais os cuidados, precauções e contraindicações

Primeiramente é fundamental que a gestante passe por uma avaliação médica que possa liberar para fazer a drenagem linfática, ou proibi-la, por isso é fundamental seguir as orientações médicas.

Caso o médico aprove é fundamental pesquisar a fundo sobre o espaço que fornece a drenagem linfática, e se realmente são profissionais da área. Fazer a drenagem com pessoas inexperiente poderá desencadear diversos problemas para a saúde.

Lembre-se que a drenagem linfática só poderá ser feita apenas uma vez por semana durante toda a gravidez, por isso nunca aceite recomendações que excedam este limite, caso faça várias vezes o que era para ser bom poderá ser um problema.

Atente-se a seguir as contraindicações da drenagem linfática para gestantes, que são proibidos em caso de: Trombose venosa (profunda); Deficiência ou doenças no sistema linfático; Gravidez de alto risco; Erupções cutâneas ou infecções de pele; Hipertensão descontrolada.

Como um gestante pode evitar o inchaço?

Em alguns casos o inchaço e a má circulação pode ser por questão genética, o que de fato nessa situação pode ser inevitável o inchaço. Mas na maioria dos casos pode sim ser evitado, se a gestante tomar algumas medidas como:

Evitar ficar em pé por muito tempo: 

Seja em pé ou sentado, as duas posições por um tempo prolongado poderá causar inchaço, devido a má circulação, por isso recomenda-se de 1 em 1 hora fazer uma série de alongamentos, ou exercícios leves.

Evitar usar roupas apertadas de mais

Leggings apertadas, calças jeans, entre outros tecidos pesados podem ser um grande problema na gravidez e para a saúde íntima de qualquer mulher, recomenda-se usar tecidos leves como algodão orgânico, ou qualquer outro tecido natural, evite usar os sintéticos.

Evitar alimentos gordurosos e açucarados 

“Descasque mais e abra menos” feliz e sábio o ditador dessas palavras. O natural sempre será a melhor opção, por isso seja equilibrado e coma o melhor que puder, se possível, vá numa nutricionista.

Fazer algum tipo de atividade física

É fundamental para fazer qualquer gestante atividade física ter a liberação médica, mas uns dos exercícios mais recomendados são: caminhada, pilates, bicicleta ergométrica, musculação leve, alongamentos, além da drenagem.

Chás diuréticos liberados pelo médico 

Dentre os chás mais recomendado para gestantes estão os: 

Chá da raiz de gengibre: Alivia as dores de cabeça, náuseas, é anti-inflamatório, além de reduzir o inchaço.

Chá de camomila: Além de reduzir o inchaço, ele acalma, tem ação anti-inflamatória e reduz as cólicas, entre outras dores leves e medianas na região pélvica.

Chá de erva doce: Ele também é um calmante natural (reduz estresse, sustos e insônia), diurético, reduz os desconfortos causados na gravizes.

Considerações finais

De fato a drenagem linfática só traz benefícios para as gestantes que têm liberação médica, e para que ela realmente seja eficiente é importante mantê-la apenas uma vez por semana durante toda  a gestação.

Nos casos das gestantes que não receberam essa liberação, existem outros meios para aliviar o inchaço, que vai desde a alimentação saudável e natural até o exercício físico, visando sempre as atividades mais leves.

E claro, procure por cursos online com certificado que te entreguem conhecimentos mais profundos sobre como utilizar sua massagem de drenagem linfática de uma maneira mais garantida.

Deixe nos comentários alguma dúvida que tenha ficado, compartilhe esse conteúdo com gestantes e até não gestantes. Espero que tenham gostado do assunto, um grande abraço e até a próxima.