5582429a-4a93-4c7c-a431-239323cc36f5

Resenha: A Vendedora de Livros, de Cynthia Swanson

Kitty Miller é uma mulher de quase meia idade, solteira e independente, que divide um pequeno duplex com seu gato, Aslan. Em parceria com Frieda, sua melhor amiga, Kitty gerencia uma pequena livraria na Pearl St, em Denver. Com muita garra e determinação, essas duas amigas enfrentam juntas, as dificuldades de ser mulher, solteira e dona de um negócio, em uma sociedade machista da década de 60.

Katharyn Andersson, ao contrário de Kitty, tirou o que seria a sorte grande. Se casou com um homem incrível com quem possui três filhos adoráveis e divide uma casa maravilhosa. Entretanto, Katharyn e sua vida perfeita só existem nos sonhos de Kitty. Tais sonhos são tão irresistíveis que realidade e fantasia começam a se confundir, todavia, o que parece ser tão perfeito e fantástico pode acabar não sendo.

            “A vida, penso ao atravessar a avenida Jewell na altura da Broadway, não é feita de detalhes, mas de pontos altos.”

A Vendedora de Livros nos apresenta essa impressionante história de uma mulher dividida entre dois mundos. É difícil discernir ou tentar identificar o que é sonho e o que é real na vida de Kitty. Conforme a história vai se desenrolando, vamos encaixando algumas peças do quebra-cabeça, mas muitas lacunas ainda abertas, só preenchemos ao final do livro.

A autora do livro, Cynthia Swanson, abordou questões como a figura feminina, a questão racial, a discriminação contra o autismo, em plena década de 60, além de momentos históricos, de modo muito delicado e sensível, demostrando total conhecimento e estudo a respeito da época. A história é super envolvente e conforme ia avançando na leitura e eventos ocorriam, mais queria saber o que viria a acontecer.

Devo confessar, contudo, que fiquei um pouco decepcionada por não haver um esclarecimento maior com o que acomete a personagem. Fica explícito que o trauma sofrido por Kitty a leva ao estado que se encontra, porém, penso que a questão poderia ter sido melhor explorada pela autora. Isso enriqueceria o livro, mas não o desmerece a genuinidade da obra.

            “O que eu aprendi, o que ambas aprendemos ao longo dos anos, é que nada é tão permanente quanto parece a princípio.”

A Vendedora de Livros é uma obra inédita no Brasil e foi trazida e elaborada pela TAG com a ajuda da editora Suma. Para quem não conhece, a TAG é um clube de assinatura de livro, em que todo mês o associado recebe uma caixinha contendo um livro surpresa, escolhido por um curador ou um best-seller que ainda não há no país, e mais alguns mimos. A TAG é dividida em dois segmentos: Curadoria e Inéditos. Para conhecer um pouco mais sobre o clube, clique aqui.

Cynthia Swanson é escritora e designer americana e A Vendedora de Livros é seu romance de estreia, sendo listado como um dos mais vendidos pelo New York em 2015. A autora também possui outro livro publicado intitulado The Glass Forest. Além disso, A Vendedora de Livros será adaptado para os cinemas. Caso queira conhecer um pouco mais sobre Cynthia Swanson, a escritora forneceu uma entrevista exclusiva para a TAG, disponível nesse link.

A Vendedora de Livros é um romance lindo e super envolvente que nos deixa divididos e intrigados, com a dupla vida de Kitty Miller. Para quem gosta do gênero, fica a dica de leitura desse livro incrível e aproveite para conhecer também a TAG Inéditos.

Titulo: A Vendedora de Livros

Autor: Cynthia Swanson

Editora: Suma (Elaborado em parceria com a TAG Inéditos)

Páginas: 380

Encontre por aí: TAG Inéditos

comments

Uma futura bióloga, perdida em livros e apaixonada por escrever.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *