o papai é pop

“O Papai é Pop”, livro de Marcos Piangers, vai ganhar adaptação!

Após vender mais de 250 mil cópias e ganhar versão em quadrinhos, O Papai é Pop será adaptado para os cinemas!
 Com bom humor e histórias maravilhosas, o livro de Marcos Piangers é um relato divertido e realista sobre o que é ser pai. O livro é composto por crônicas bem humoradas de histórias que aconteceram com Piangers e suas filhas, Anita e Aurora, e um desabafo sobre ser filho. Por conta de sua aparência, muitos não botavam fé na ideia dele ser pai, mas Piangers fez questão de mostrar que eles estavam errados..

“Não tínhamos muitas expectativas para o livro, tanto que a primeira tiragem foi de apenas 5 mil exemplares. E ainda fizemos um bolão para apostar quantos livros venderia”, lembra Piangers. “Acredito que a mensagem do livro gerou muita repercussão porque as pessoas se identificam comigo. Sou filho de mãe solteira e isso me fez querer ser um pai muito participativo na educação das minhas filhas. E essa experiência é maravilhosa porque nos faz voltar a ser crianças, além de nos ajudar a curar alguns traumas de infância. Mas, precisamos assumir nossa responsabilidade de cuidadores e participar da missão de criar uma geração melhor que a nossa, mais educada e consciente”, afirma o pai da Aurora (12) e Anita (5).

A Prodigo Films está responsável pelo filme e afirma que as filmagens devem começar em 2019. O roteiro ficou por conta de Ricardo Tiezzi (Qualquer Gato Vira Lata e O Outro Lado do Paraíso).

“Produzir essa história será muito divertido. O Papai é Pop vai de encontro com o tipo de filme que também queremos mostrar para o grande público. Um filme para toda a família, mas com propósito. Afinal, pai não ajuda, pai participa, e o Piangers é craque nisso. Somos fãs”, diz Beto Gauss, sócio e produtor-executivo da Prodigo Films.

Marcos Piangers também é autor de “O Poder do Eu Te Amo”, lançado recentemente pela Editora Belas Letras.

fonte: GQ GLobo

comments

Amante de Sherlock Holmes e viagem no tempo, de vez em quando escreve uns textos por aí.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *