felicidade para humanos resenha livro

Resenha: Felicidade Para Humanos, de P. Z. Reizin

Conheça Felicidade Para Humanos, de P. Z. Reizin!

 Apesar da formação de jornalista, Jen trabalha com uma Inteligencia Artificial. O objetivo? Torna-la cada vez mais “humana”. Agora que seu quase-noivo resolveu terminar tudo, Aiden é seu grande companheiro. Ele é um programa de computador complexo e sofisticado e conhece Jen muito bem.

Não conte para ninguém, mas Jen é uma das minhas pessoas favoritas. (Máquinas não devem ter favoritos. Não me pergunte como isso aconteceu.)

 Após o término de Jen, Aiden percebeu que as coisas estão diferentes. Logo, a IA decide procurar uma nova pessoa para ela, e, tendo a internet inteira para si, as coisas podem dar muito certo – ou muito errado.

 Felicidade Para Humanos é uma comédia romântica com toques de ficção científica. Na obra de P. Z. Reizin, IAs estão “escapando” para a internet, onde ficam livres para alterar dados, fazer pesquisas e, bem, tudo o que elas quiserem.

 Os capítulos são alternados entre Jen, Aiden, Tom e Aisling. Tom é um publicitário que sonha em ser escritor, mas sofre com a falta de rumo em suas histórias. Aisling é uma Inteligência Artificial que, assim como Aiden, escapou para a internet e desenvolve um tipo de “afeto” por um ser humano em especial. Com IAs soltas e uma ideia de unir duas pessoas, Felicidade Para Humanos foge de uma ficção científica para se aprofundar no romance.

  Apesar de deixar a desejar em alguns pontos (como o cuidado e o desenvolvimento das Inteligências), o livro de P. Z. Reizin é de fácil leitura e pretende agradar os fãs que buscam uma obra voltada para comédia.

 

Título: Felicidade Para Humanos

Autor: P. Z. Reizin

Editora: Record

Páginas: 392

Encontre por aí: Amazon | Submarino

comments

Amante de Sherlock Holmes e viagem no tempo, de vez em quando escreve uns textos por aí.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *