bella guilherme carpes terror

Entrevista: Guilherme Carpes, diretor de “Bella”

Vamos falar de cinema? Conheça o curta-metragem “Bella”, de Guilherme Carpes!

Sete amigos estão em uma casa onde ocorreu uma terrível e misteriosa morte de uma garota. É assim que se inicia Bella, curta-metragem de terror, dirigido por Guilherme Carpes.

 Na história, os sete amigos decidem contactar a garota morta e acabam despertando um espírito maligno que não vai parar até acabar com todos que atrapalharam seu descanso.

 Confira nossa entrevista com o diretor do filme!

VETL: Olá, Guilherme! O que você pode nos contar sobre “BELLA”?

G: Bella é aquela clássica história clichê de terror, alguns adolescentes em uma casa sozinhos que tem uma péssima ideia de invocar um espírito… afinal, terror sem algo clichê não é terror, certo? [risos].


VETL: Como surgiu a história do curta? 

G: Quando eu criei essa história, lá em 2013, inicialmente seria um Serial Killer no lugar de um espírito do mal, chegamos a gravar esse roteiro, mas não ficou o resultado esperado, então coloquei ele na gaveta e só fui trabalhar nele novamente em setembro de 2017… Desde então o roteiro passou na mão de profissionais sofrendo algumas alterações até chegar no produto final que vimos.

VETL: Por que trabalhar com cinema? Qual a importância dele para você?

G: Cinema simplesmente é a minha vida. Desde criança acompanho filmes, animações.. Cresci assistindo animações da Pixar e DreamWorks, essas já despertaram meu interesse por essa coisa maravilhosa que é o cinema, porém, só por volta de 2007, que comecei a me interessar mais pelo áudio visual, e em 2013 com a chegada de Invocação do Mal que eu decidi ter uma especialização em terror.. esse filme foi crucial para a criação de Bella.

VETL: Seguir a carreira de cineasta é seu objetivo?

G: Sem duvida alguma é meu objetivo principal. É difícil devido ao preço das faculdades dessa área aqui no Brasil, mas com alguns vestibulares por aí vou tentando aos poucos ingressar em um superior de cinema e ter um conhecimento mais amplo e vasto.

TRAILER DE “BELLA”

VETL: Como criador, você tem algum personagem favorito? Por que?

Não tenho como escolher apenas um, mas que mais me marcou foi o Django, do Tarantino. Além de eu admirar a vontade do personagem, e demonstrar que ele é capaz de tudo para salvar sua amada, ele também foi o primeiro personagem do Tarantino que eu assisti, fazendo dele um dos meus diretores favoritos, e de certa forma, uma inspiração.

VETL: Agora que já conhecemos a obra, gostaríamos de conhecer seu criador. Fale um pouco sobre você.

Como pessoa, acredito que eu seja bastante criativo, que vive pensando em histórias para escrever e possivelmente gravar. Sonhador, acredito que essa seja a palavra que mais me define.. não importa a dificuldade que eu estiver passando, a última coisa que vou fazer é parar de sonhar.

VETL: Além de Bella, há outros projetos em mente? Conte-nos um pouco sobre eles.

Sim, claro. Passei uma experiência muito boa dirigindo Bella… Um dos projetos seria a própria continuação de Bella, dependendo da resposta do público, também penso em fazer algo de comédia que também sou muito fã.. e quem sabe um longa-metragem no futuro? Essa parte só o tempo irá nos dizer.

Elenco: Lucas Leme, Kelvin Ulisses, Mario Gabriel, Caique Donizeti, Ingrid Carpes, Yasmin Carpes, Vinicius Carpes e Gustavo Marques.

Com estreia marcada para 12 de fevereiro, “Bella”, curta-metragem de terror, será lançado no youtube.

comments

Amante de Sherlock Holmes e viagem no tempo, de vez em quando escreve uns textos por aí.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *