Resenha: O Livro dos Espelhos, de E. O. Chirovici

Em O Livro dos Espelhos, a verdade de um é a mentira de outro.
2

O Livro dos Espelhos. Este é o título do manuscrito que o agente literário Peter Katz recebe de Richard Flynn. Na obra, Flynn descreve como conheceu o renomado pesquisador e professor Joseph Wieder, assassinado anos atrás. O caso nunca fora solucionado.

 Peter Katz tem certeza de que o livro revelaria o verdadeiro assassino do professor. Flynn, aliás, era considerado o suspeito principal. O problema é que ele recebera apenas parte do manuscrito e única pessoa que poderia ajudá-lo com o restante não pode fazê-lo. Richard Flynn está morrendo.

“A gente não sabe o que é dor até sofrer um corte tão profundo que nos permita perceber que as feridas passadas não foram nada mais que arranhões.”

 Determinado em seguir até o fim, o agente contrata John Keller, um jornalista investigativo, para descobrir tudo o que puder sobre o crime. Ele sente que há algo nessa história que valha a pena descobrir.

 Quanto mais pistas ele descobre, mais a história se complica, mais pontas são soltas até que você se veja em um jogo de espelhos.

4

 O Livro dos Espelhos é, com certeza, um livro que irá embaralhar sua mente.

 E. O. Chirovici insere quatro pontos de vista na história. O primeiro é de Richard Flynn contando quem é, como conheceu Wieder e, o mais importante, quem era o professor. “O jogo preferido de Wieder é vascular a mente dos outros, como exploraria uma casa.” Depois, temos Peter Katz lendo o manuscrito e procurando um meio de faturar com ele.

Em seguida temos John Keller entrando a fundo no caso. É através dele que, nos capítulos seguintes, Roy Freeman, policial aposentado, consegue nos revelar grandes partes da trama. São quatro narrativas que se unem para nos contar essa história.

 “Um grande escritor francês disse certa vez que a lembrança das coisas passadas não é necessariamente a lembrança das coisas como aconteceram. Acho que ele estava certo.”

 A obra de E. O. Chirovici segue com um ótimo ritmo. Há muito suspense, de modo a prender o leitor a cada página. É quase impossível largar antes de descobrir o que realmente aconteceu.

 O Livro dos Espelhos é uma grande obra para a literatura policial.

o livro dos espelhos chirovici resenha

 

Título: O Livro dos Espelhos

Autor: E. O. Chirovici

Editora: Record:

Páginas: 320

Onde encontrar: Amazon | Saraiva

Amante de Sherlock Holmes e viagem no tempo, de vez em quando grava uns vídeos para o youtube.

comments

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *