20113711.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

Resenha: As Vantagens de Ser Invisível

      De Stephen Chbosky,

       Rocco

        Charlie escreve cartas a um ‘amigo anônimo’ como se fosse um diário, o que nos dá a possibilidade de saber sobre sua vida. Como um garoto ingênuo, confuso e simpático, podemos dizer que ‘sua vida’ era um tanto
monótona, porém, o fato de Charlie ser muito perspicaz, transforma seu
dia-a-dia em algo realmente ‘interessante.

   O colégio é uma das épocas mais difíceis de se passar, e pode se dizer, que ele não estava muito animado com isso. Seu melhor amigo cometeu suicídio, sua querida tia faleceu, seus pais, bem, são ótimos e seus irmãos já tinham ‘problemas demais’. No entanto, três pessoas fizeram do ano de Charlie, um ano especial.

   Bill, seu professor, ajudou o menino que tinha dificuldades em ingressar no mundo. Foi uma das primeiras, se não a primeira a confiar e a ser realmente amiga de Charlie. Os livros, que para ele eram muito importantes, também os ajudaram a criar essa amizade.

  Ainda meio deslocado, ele cruza com Sam e Patrick, dois veteranos que transformam totalmente sua vida. Charlie ganhou novos amigos, festas, amores, e o principal de tudo, duas ou até três, se contarmos com Mary
Elisabeth, 
amizades verdadeiras. E isso, não tem preço.

  Charlie é muito confuso com relação ao que lhe aconteceu no passado. Perder o melhor amigo de uma forma tão horrível pode ser, e é, uma coisa traumática. Sua tia, que ele tanto amava. Por que havia de ter acontecido aquilo com ela? 

  Chbosky fez um excelente trabalho com esse livro. Uma leitura
diferente das outras que eu já havia lido e longe de ser somente um romance adolescente, narra a história de uma forma perfeita para concentrar o leitor e não deixá-lo se distrair. De início eu não
o achei muito legal, mas com o decorrer das dez primeiras páginas, ele se
tornou um dos meus livros favoritos. Enfim, leia como puder, apenas não deixe de ler.

comments

Amante de Sherlock Holmes e viagem no tempo, de vez em quando escreve uns textos por aí.

2 Comments

  1. Agora fiquei com vontade de ler :c

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *